Follow by Email

quarta-feira, 7 de julho de 2010

SEJAMOS MAIS PATRIOTAS!!!

Bom começo dizendo que no ano da Copa do Mundo, o Brasil ficou mais verde e amarelo; nunca se viu tanto patriotismo, bandeirinhas, bandeirolas, bandeiras gigantes, na mão de brasileiros, amarrados aos seus corpos , enfeitando janelas. O Hino Nacional balbuciado ou gritado por muita bocas que não o sabem cantar inteiro, cuja a letra nem é, de fato, compreendida por não ter sido adequadamente absorvida como Lema da Pátria. Enfim, os símbolos nacionais estão relacionados hoje à Copa do Mundo. E depois esse ufanismo todo, manifestar-se-á a partir do final desse torneio e ficará incorporado a vida dos brasileiros, ou estará sendo demonstrado apenas em eventos esportivos? Digo que as famílias e as escolas já não mais cultivam o civismo, o amor à pátria com a mesma intensidade de antes. Infelizmente é muito triste,ok? Sabiam entoar o Hino Nacional Brasileiro do começo ao fim, sem trocar, por exemplo, versos da primeira com a da segunda parte da letra, ou seja, “Brasil um sonho intenso, um raio vivido”, da primeira parte, e “Brasil de amor eterno seja símbolo” da segunda parte. Ok? Compreendíamos, também, o significado do poema, cuja maioria dos seus versos foi construída na ordem indireta, com termos ainda pouco conhecidos e nada explicados, principalmente nas escolas. Hoje, não há mais o professor de educação musical e, quando esse profissional existe, talvez nem saiba corretamente a letra e a musica de um dos mais belos hinos pátrios de todo o mundo,ok? A Bandeira Nacional, então, está sendo usada em situações discutíveis, tais como: tecido para confecção de roupas, forro de mesa, toalha de praias, lenço de cabeça, guardanapos, fundo para a aplicação de distintivos de time de futebol, num total desrespeito a esse símbolo nacional, ok? Falo que a Bandeira Brasileira não é um simples pedaço de pano; é um dos símbolos da pátria e, por isso, deve merecer de nós brasileiros, maior respeito, ok? Em minha opinião hoje ela passou a ser apenas a bandeira da seleção brasileira de futebol. Está muito errado!ok? E quando a seleção se desfizer? Certamente a bandeira não estará sendo tão lembrada e, ao ser utilizada, certamente não será percebida com a mesma galhardia. Aproveitemos esse momento para incutir nas pessoas às maneiras mais corretas do uso e do respeito aos símbolos nacionais, principalmente a Bandeira e o Hino. Voltemos nossa atenção a eles e nos preocupemos em reverenciá-los nos momentos em que estiverem sendo corretamente utilizados,ok?
Concluo que se existe o mau uso, até por inocência, é hora de valer-se dos recursos da poderosa mídia para despertar nas mentes das pessoas que esses símbolos são os retratos vivos do Brasil e que devemos, acima de tudo, ter muito respeito por eles e, quando ouvirmos o Hino Nacional e vermos a Bandeira Brasileira hasteada no mastro ou conduzida num momento patriótico , saibamos que nós , brasileiros, estamos ali representados, como filho, dessa pátria ainda tão sofrida, tão desigual, tão merecedora de ocupar uma posição de destaque entre as maiores nações do mundo, ok? Precisamos sentir orgulho pleno da nossa nacionalidade, não apenas nos momentos de competições esportivas, mas a todo instante para assumirmos uma identidade única, mais solidária, mais humanizadora, mais comprometida com os nossos ideais de cidadania, ok. Minha reflexão é que não nos permitamos deixar levar como massa ufanista na avalanche da paixão momentânea, ok? Exercitemos os hábitos de civismo com naturalidade, mas com sabedoria, para que, a todo momento, possamos sentir orgulho do país em que nascemos, ok? Defino dizendo que as “vuvuzelas” entoem como clarins do civismo pleno, manifestando brava sonoridade que nos remeta ao papel de brasileiros de fato e não só de torcedores envolvidos pelo fanatismo passageiro, ok
O BRASIL É UM PAÍS MARAVILHOSO!!!! REFLITAM!!!!

Adalberto do E. S. Alves – professor e pedagogo – 07 de julho de 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário