Follow by Email

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

DEBATE INICIAL COM TOM DE CAUTELA!!!!

Bom, começo dizendo caros colegas verdes, quem esperava que no primeiro debate entre os presidenciáveis, quinta-feira passada, na TV Bandeirantes, iria sair faísca, não vi nada disso. Ok? Falo que o encontro foi morno, sem momentos de ebulição ou de tensão. Embora tivesse predominado o confronto entre Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), os candidatos visivelmente se pouparam, mantendo cautela sobre tudo na abordagem dos assuntos mais importantes ou controversos, de certo com receio de cometer qualquer deslize que os deixassem em posição desconfortável. Bom, com essa estratégia, questões como a da aproximação do Brasil com o Irã, protagonizada pelo Governo Lula, e a da política cambial, que levou a moeda brasileira às alturas; entre outras , não tiveram destaque, ou foram abordadas apenas superficialmente, o que não permitiu aos espectadores conhecer melhor o pensamento de cada um deles sobre as mesmas. Nesse contexto, quem inegavelmente obteve mais ganho do debate foi a candidata do PT. Digo que, não que ela tivesse um desempenho brilhante ou elucidativo, a atestar que, de todos na disputa, ela é mais preparada para governar o país. Sua vantagem se deve ao fato de ter sido ilesa do embate, como alias era e, provavelmente, continuará sendo o seu principal objetivo na campanha eleitoral. Afinal, embalada pelo apoio ostensivo e irrestrito do presidente Lula, que impôs seu nome ao PT e aos partidos aliados, sem admitir contestações, Dilma Rousseff vai avançando com firmeza na pesquisa de intenção de votos, na última rodada do Instituto Sensus , já somava 41,6% das preferências dos votantes, contra 31,6% de José Será e 8% da nobre Marina Silva. Concluo que, se as pesquisas dos demais institutos confirmarem esse quadro, o favoritismo de Dilma se tornará indiscutível e, para que isto aconteça, sua tática será evitar o choque direto com os seus oponentes e, mais do que tudo, não errar. Sem falar, é claro, na intensificação de suas aparições na companhia do presidente Lula, seja na propaganda pelo rádio e a TV. Seja nos palanques dos comícios, onde quer que vá. Defino dizendo que, todavia, ainda é muito cedo para se proclamar que a eleição está definida, ok? Minha reflexão é que os ventos sopram fortes a favor de Dilma, mas, em política, mudanças sempre podem acontecer. Digo que, no entanto, para readquirir alguma chance, José Serra terá de se mostra mais opressivo, buscando atrair a adversária para o centro da arena, onde sua experiência política e um suposto maior conhecimento dos assuntos nacionais, ajudariam a revitalizar suas pretensões. É possível que sim, como também é possível que não. Defino dizendo que de todo modo, em termos de sucessão presidencial, ainda há água para correr sob a ponte, ok? Quanto, não se sabe. Só cabe prever que a propaganda pelo rádio e a Televisão, mais o debates que faltam, tendem a ter uma grande influência no desfecho da sucessão 2010. ok? Bom colegas verdes, esta é minha opinião. Ok?. AS ELEIÇÕES ESTÃO CHEGANDO!!!!

Adalberto E. S. Alves – professor e pedagogo – 11 de agosto de 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário