Follow by Email

segunda-feira, 26 de julho de 2010

VIDAS PERDIDAS!!

Bom, começo dizendo que o acidente que tirou a vida do jovem Rafael Mascarenhas, filho da atriz Ciça Guimarães, infelizmente faz parte do cotidiano das grandes cidades brasileiras e continuará a se repetir enlutando mais e mais famílias, se não tivermos a capacidade de reverter uma situação mais que absurda. Falo que na verdade, o centro do problema não é apenas a impunidade, que impera no Brasil , por uma série de fatores, a lentidão da justiça inclusive, mas sim uma questão de educação. As últimas mudanças na legislação de trânsito, com penas severas aos infratores, e a chamada Lei Seca representam um avanço, mas seguramente precisamos fazer muito mais, ok?. Digo que, apenas punir com o rigor da lei, o motorista que matou Rafael, ainda que involuntariamente, não vai trazer o jovem ao convívio de sua família e amigos. Uma vida foi perdida, assim como outras milhares em circunstâncias semelhantes. Há ainda um número gigantesco de vítimas que ficaram mutiladas em acidentes que poderiam perfeitamente ser evitados. O fato é que não podemos aceitar como natural que uma pessoa perca a vida de maneira estúpida, como aconteceu com Rafael, e como continua acontecendo todos os dias. Perder um filho é a pior das dores que um ser humano ( pai ou mãe) pode sofrer, simplesmente porque é algo que contraria a Lei da Natureza; os filhos enterrarem os pais. Só quem passou por isso sabe o que essa dor representa. Concluo que, estamos convencidos de que é nosso dever, enquanto sociedade civilizada, fazer o que for necessário para sensibilizar nossas autoridades a adotar medidas educativas mais rigorosas para por fim à selvageria no trânsito, ok? Defino que um bom começo seria introduzir no currículo escolar matérias sobre noções de trânsito seguro e de cidadania. Com isso estaremos preparando muito melhor os futuros motoristas. Ok? Minha reflexão, é que também, é preciso intensificar campanhas de prevenção e adotar medidas mais duras para os que cometem o chamado crime doloso, aquele que o motorista sabe que está colocando em risco a vida de terceiros com seu comportamento. Defino dizendo que em resumo, transformar de selvagem em civilizado o trânsito brasileiro é um desafio de todos nós, ok. PENSEM NISSO!

Adalberto E. S. Alves – professor e pedagogo – 26 de julho de 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário